Otimismo na virada

Líderes das ligas europeias ao fim do primeiro turno tendem a ser campeões

Chegou a segunda metade da temporada europeia e quem está na frente pode se animar. Quem conquista o primeiro turno tende a manter o título nas últimas dez temporadas. Entre as principais ligas, em 70% das vezes o campeão se repete.A exceção é a francesa, que tradicionalmente tem maior incidência de viradas no segundo turno.Embora, nesta temporada, o Paris Saint-Germain tenha dez pontos de diferença para o segundo colocado Lille, com três partidas a menos. Sem Neymar, machucado, o virtual campeão recebe hoje o Rennes, às 18h.

Vale lembrar que a virada do turno na Europa chega junto com o acirramento do inverno, ou seja, temperaturas frequentemente abaixo de zero. Nas últimas dez temporadas francesas, apenas quatro vezes os times conseguiram manter o título simbólico do primeiro turno no fim da temporada. E as quatro foram com o PSG.

Macaque in the trees
Jogadores do Paris Saint-Germain comemoram goleada sobre o Guingamp, que manteve a equipe na liderança folgada do Campeonato Francês (Foto: Anne-Christine Poujoulat / AFP)

O zagueiro Marcelo, do Lyon, não acredita que exista uma motivação extra para a conquista com o título simbólico do primeiro turno. Ele ressalta que as baixas temperaturas não são um obstáculo nem para quem nasceu no calor do litoral paulista como ele.

“Jogar no frio é bem melhor porque a desidratação é bem mais lenta, com isso o jogador tem mais energia para correr. Já estou acostumado”, explicou o defensor de 31 anos, que está na sua segunda temporada na França e já passou por Turquia, Alemanha, Holanda e Polônia antes de chegar ao Lyon.

Porto com boa vantagem

Entre as outras grandes ligas da Europa, os torcedores de Barcelona e Juventus podem se animar bastante porque em 80% das vezes o campeão do turno levantou o troféu no final da temporada do Espanhol e do Italiano. Nas ligas inglesa, alemã e portuguesa esse número cai para 70%.

Nada que tire o ânimo das torcidas de Liverpool, Borussia Dortmund e Porto. Principalmente os dois primeiros, que não conquistam os campeonatos da Inglaterra e da Alemanha há 28 e seis temporadas, respectivamente.

Em Portugal, o Porto conseguiu abrir uma significante vantagem de cinco pontos. Vale ressaltar que a liga portuguesa, assim como a alemã, tem 18 clubes participantes, ou seja, são 34 rodadas em vez das tradicionais 38. O time comandado por Sergio Conceição ainda tem a seu favor o fato de jogar os dois clássicos restantes, contra Benfica e Sporting, em casa. O goleiro brasileiro João Lopes, do Santa Clara, acredita que a equipe do Norte de Portugal tem uma vantagem considerável.

“No segundo turno, a cada partida o ponto fica mais difícil. E se você tem uma vantagem no primeiro turno, isso se torna muito valioso pro restante do campeonato”, contou o goleiro do time de Açores, que faz campanha surpreendente, em nono lugar, após conseguir o acesso na temporada passada.

“Fico feliz com o desempenho da equipe no primeiro turno. É um grupo muito trabalhador e focado no objetivo. No segundo turno, o pensamento e o foco são os mesmos. Queremos fazer uma grande competição e terminar bem na classificação”, projeta João Lopes.