Jornal do Brasil

Esportes

Walter aparece em lista da ABCD em caso de doping e está suspenso preventivamente

Jornal do Brasil

O atacante Walter, do CSA, está suspenso preventivamente por doping pela Autoridade Brasileira de Controle de Dopagem (ABCD). O nome do jogador apareceu na última lista de atletas com alguma violação de regras antidopagem da entidade, divulgada no último dia 7.

O jogador, conhecido por sua dificuldade em manter a forma física, testou positivo para duas substâncias usadas para emagrecimento: metabólitos de sibutramina (combate à obesidade) e Furosemida (para tratamento de hipertensão arterial leve a moderada; edema devido a distúrbios cardíacos, hepáticos e renais; edemas devido a queimaduras). O teste foi feito em jogo do CSA contra o Brasil, de Pelotas (RS), no dia 5 de julho, em jogo válido pelo Campeonato Brasileiro da Série B.

Com passagens por grandes clubes do futebol brasileiro como Internacional, Cruzeiro, Fluminense, Goiás e Atlético-PR, o atacante de 29 anos teria questionado o resultado do exame e o CSA, seu clube atual, afirmou que uma contraprova foi realizada e teria dado negativo.

A demora de quase cinco meses para um posicionamento da ABCD permitiu que o jogador continuasse atuando pela equipe alagoana, que terminou a Série B na segunda posição e garantiu o acesso para disputar a elite do Brasileirão em 2019. Walter fez dois gols durante a campanha.

NOVA CONFUSÃO - No dia 31 de agosto, Walter foi preso em Maceió por supostamente ter ameaçado com uma arma de brinquedo uma equipe da Eletrobrás, que iria cortar a energia do seu apartamento, no bairro de Ponta Verde. Na delegacia, o jogador disse que tudo não passou de um mal-entendido e que em nenhum momento ameaçou ninguém. Além disso, garantiu que a conta de luz havia sido paga.