Jornal do Brasil

Esportes

Em meio a polêmica, Real é arrasado pelo Eibar e perde a primeira com Solari

Jornal do Brasil

Irreconhecível, o Real Madrid visitou o Eibar neste sábado e foi atropelado por 3 a 0, pela 13.ª rodada do Campeonato Espanhol. Talvez abalado pela polêmica envolvendo o zagueiro Sergio Ramos, o time da capital não se encontrou em campo e foi presa fácil para o adversário, mantendo-se distante dos líderes da competição.

Na véspera da partida, o Football Leaks publicou que Sergio Ramos teria infringido o regulamento antidoping em duas oportunidades, sendo uma delas na decisão da Liga dos Campeões de 2017, contra a Juventus, em caso que teria sido acobertado pela Uefa. Neste sábado, o zagueiro esteve em campo e teve atuação fraca na primeira derrota do Real sob o comando de Santiago Solari, após quatro vitórias seguidas.

O resultado deixou a equipe madrilenha com 20 pontos, na sexta colocação, apenas dois à frente do Eibar, que sonha com uma vaga na Liga Europa. Após a vitória, o time volta a campo na sexta-feira que vem, contra o Rayo Vallecano, fora de casa, pelo Espanhol. Já o Real encara a Roma na terça, na Itália, pela Liga dos Campeões.

O Eibar mostrou uma postura surpreendente desde o início e quase marcou um golaço logo aos três minutos, quando Kike dominou da intermediária e emendou por cobertura, acertando a trave. Aos 10, o Real respondeu. Benzema aproveitou falha da defesa e tirou do goleiro, mas José Angel tirou em cima da linha.

Aos 15, porém, saiu o primeiro gol. Orellana recebeu na esquerda e tocou para Cucurella, que cruzou para Kike. Courtois defendeu na primeira tentativa, mas Escalante marcou na sobra. O auxiliar assinalou impedimento, mas, alertado pelo VAR, o árbitro voltou atrás e confirmou o gol.

O gol abalou o Real, que só assustou em cobrança de falta de Bale. Na volta para o segundo tempo, o Eibar aproveitou a apatia do adversário e arrancou para o triunfo. Logo aos seis minutos, Odriozola errou na saída de bola, Cucurella roubou e tocou para Sergi Enrich, que teve tempo para dominar e bater cruzado.

Completamente atordoado, o Real levaria o terceiro somente cinco minutos mais tarde. Com a defesa adversária parada, Cucurella, o melhor em campo, aproveitou sobra pela esquerda e colocou a bola na área. Ela passou por Enrich e Courtois, mas não por Kike, que só teve o trabalho de empurrar para a rede.

A apatia madrilenha era visível e em nenhum momento o time ameaçou a vitória dos anfitriões. Pelo contrário, foi o Eibar que mais se aproximou de chegar a uma goleada. Courtois precisou aparecer em duas oportunidades para evitar os gols de Orellana e Charles. Vinicius Junior ainda entrou aos 28 minutos, na vaga de Asensio, mas pouco pegou na bola.