Jornal do Brasil

Esportes

Coric bate Chardy e Croácia sai na frente da França na decisão da Davis

Jornal do Brasil

A Croácia largou na frente na decisão da Copa Davis. Nesta sexta-feira, Borna Coric ignorou a pressão da torcida francesa em Lille e deu o primeiro ponto ao país na final ao bater Jeremy Chardy sem maiores dificuldades, por 3 sets a 0, com parciais de 6/2, 7/5 e 6/4.

Coric precisou de somente 2h19min para fazer valer sua superioridade técnica sobre Chardy. Afinal, o croata ocupa a 12.ª colocação no ranking da ATP, contra a 40.ª do francês, e tem no currículo resultados expressivos nos últimos anos, como vitórias sobre as lendas Roger Federer e Rafael Nadal.

Com o triunfo, a Croácia também fez cair por terra duas apostas da França. A primeira, na escolha do saibro, em que Coric não encontrou dificuldades para vencer. A segunda, em Chardy, que foi escolhido pelo capitão Yannick Noah ao invés de Lucas Pouille, 32.º do mundo, por até então estar invicto neste tipo de quadra em duelos de Copa Davis.

Tudo isso, porém, foi por água abaixo quando o confronto iniciou, graças ao dia inspirado de Coric. Ao longo do confronto, foram quatro break points confirmados pelo croata em 13 oportunidades, enquanto Chardy até teve dois break points ao seu favor ao longo do confronto, mas não os aproveitou.

Em nenhum momento o francês pareceu ameaçar o triunfo de Coric, observado de perto pela presidente da Croácia, Kolinda Grabar-Kitarovic, que ganhou destaque ao longo da última Copa do Mundo.

Com o resultado, a Croácia fica a dois pontos de garantir seu segundo título na Davis, o primeiro desde 2005. Ainda nesta sexta, Marin Cilic, número 7 do mundo, tenta ampliar a vantagem diante de Jo-Wilfried Tsonga, ex-Top 5 e atualmente 259.º colocado no ranking. A França terá que virar o duelo se quiser conquistar seu 11.º troféu da competição.