Jornal do Brasil

Esportes

Com dores musculares, Chará não viaja e Atlético-MG terá 3 desfalques no Paraná

Jornal do Brasil

O Atlético-MG terá pela frente nesta quarta-feira o lanterna e já rebaixado Paraná, em Curitiba, pela 34.ª rodada do Campeonato Brasileiro. Apesar de o adversário ser o último colocado na tabela de classificação, os jogadores do time alvinegro encaram o duelo como uma decisão por causa da briga por uma vaga na próxima edição da Copa Libertadores. E a equipe terá mais um desfalque importante: além do volante Adilson e do centroavante Ricardo Oliveira suspensos, o meia colombiano Yimmi Chará está com dores musculares e não viajará para o Paraná.

De acordo com a assessoria de imprensa do Atlético-MG, que não costuma divulgar a lista de relacionados para as partidas, Chará se queixa de dores no músculo adutor da coxa direita, não treinou nesta terça-feira e não fará parte do grupo no jogo em Curitiba. A comissão técnica prefere que ele fique em Belo Horizonte para fazer um melhor tratamento e poder jogar nas rodadas finais do Brasileirão.

Para o seu lugar, apesar de o técnico Levir Culpi ainda não ter esboçado o time titular, a tendência é que o uruguaio David Terans comece jogando na partida que ocorre no estádio Durival Britto. Para a vaga de Ricardo Oliveira jogará o garoto Alerrandro e Matheus Galdezani substituirá Adilson no meio de campo.

"Estou trabalhando para conquistar a titularidade, a confiança do Levir. A gente sabe da importância da vitória, a gente tem cinco jogos para vencer. Não tem mais margem para erros. Temos que conquistar os três pontos lá", disse Galdezani, explicando a situação do Atlético-MG na tabela de classificação do Brasileirão.

Com 47 pontos, o Atlético-MG é o sexto colocado e hoje estaria na fase preliminar da Libertadores. Mas deu sorte nesta rodada com a derrota do Santos para a Chapecoense, em São Paulo. O time santista e o Atlético-PR estão na cola com um ponto a menos.

Com os desfalques e mudanças, o time titular mais provável para o jogo em Curitiba é: Victor; Emerson, Leonardo Silva, Iago Maidana e Fábio Santos; Matheus Galdezani, Elias, Juan Cazares e David Terans; Luan e Alerrandro.