Jornal do Brasil

Esportes

Lei do ex embala Kieza

Jornal do Brasil

Junto com a boa fase do Botafogo, chegaram também os gols de Kieza. Artilheiro da equipe no ano, com dez gols em 33 jogos, o atacante amargou nove partidas em branco, mas voltou a balançar as redes na sequência contra ex-clubes. Primeiro diante do Vitória, no Barradão, onde estava antes de ser contratado pelo alvinegro.

No último domingo, o São Paulo foi outra vítima da lei do ex, no gol que Kieza elegeu como o mais bonito que marcou pelo Botafogo. “Estava sentindo falta de fazer um gol de uma jogada mais trabalhada. Sem dúvidas, foi o mais bonito”, garantiu.

Por ironia do destino, o próximo adversário, o Bahia, é outro time que já foi defendido por Kieza – ao todo, são cinco na Série A do Brasileiro. Dessa vez pela Sul-Americana, com o Botafogo precisando reverter em casa a desvantagem de 2 a 1, o camisa 9 aposta no curioso retrospecto recente para ajudar a equipe a avançar às quartas de final, amanhã.

Macaque in the trees
Kieza cabeceia a bola em treino do Botafogo. Atacante marcou nas duas últimas partidas (Foto: Vítor Silva/SSPress/Botafogo)

“Tem funcionado e espero que continue funcionando. Será um jogo de muita paciência e temos que saber jogá-lo. O Bahia também vai querer a vaga e temos que estar concentrados para não sofrer gols bobos. Nesta fase não podemos mais cometer esses erros”, alertou o centroavante.

Além dos gols de Kieza, outro elemento fundamental na retomada da confiança é a torcida. Depois de lotar o Nilton Santos contra o Nacional do Paraguai, na fase anterior, o novo desafio pela Sul-Americana já tem cerca de 30 mil ingressos vendidos.

“O clube precisa do torcedor e o nosso está mostrando que está com a gente. Fazendo o nosso trabalho dentro de campo, a torcida nos apoiará do jeito que for”, declarou Kieza.



Recomendadas para você