Jornal do Brasil

Esportes

Ronaldo dá assistências, Juventus vence Napoli de virada e se isola na ponta

Jornal do Brasil

Com certa dificuldade para balançar as redes com a frequência de quando atuava pelo Real Madrid, Cristiano Ronaldo foi decisivo de outra maneira na vitória da Juventus por 3 a 1 sobre o Napoli neste sábado. O astro português brilhou com duas assistências e participou dos três gols no duelo em Turim, válido pela sétima rodada do Campeonato Italiano.

O triunfo sobre o rival de Nápoles deixa o time de Turim isolado na liderança do torneio, agora com 21 pontos, seis a mais que o próprio Napoli, vice-líder, que pode ser ultrapassado pelo Sassuolo, caso este vença o Milan no domingo.

Juventus e Napoli polarizaram a disputa do título italiano na última temporada e despontam novamente como os principais candidatos ao troféu. A Juve, reforçada por Ronaldo, é a atual campeã e busca seu oitavo título consecutivo.

Se Cristiano Ronaldo brilhou como garçom, Mandzukic foi às redes duas vezes. O croata não teve tantas oportunidades como o português, que se irritou ao passar em branco depois de perder pelo menos três chances, mas foi mais eficiente.

Mas foi o Napoli que abriu o placar e calou o estádio em Turim. O belga Mertens inaugurou o marcador, aos nove minutos. No lance, valeu a aplicação de Allan na marcação da saída de bola da Juve. Ele roubou a bola e passou para Callejón cruzar para Mertens, sozinho, escorar para o gol.

Vice-campeão mundial com a Croácia, Mandzukic recebeu cruzamento na medida de Ronaldo para cabecear firme e empatar a partida, aos 25 minutos. Após o gol de empate, o melhor do mundo por cinco vezes parou em dois lances no goleiro Ospina.

Na etapa final, Mandzukic fez seu segundo gol e comandou a virada do time de Turim logo aos três minutos. O atacante croata aproveitou rebote após chute de Cristiano Ronaldo que explodiu na trave e completou para o gol.

Poucos minutos depois, Mário Rui recebeu o segundo amarelo, foi expulso e deixou a missão da Juventus em busca da virada mais fácil. Após uma confusão e um festival de cartões amarelo distribuídos, a bola voltou a rolar e a Juve, com um a mais, se impôs.

O terceiro gol não demorou a sair e novamente teve a participação de Cristiano Ronaldo. Após cobrança de escanteio, o atacante subiu mais que a zaga adversária e desviou o cruzamento de cabeça. No meio do caminho, Bonucci apareceu e mandou para as redes para sacramentar o resultado.

Depois do terceiro gol, Ronaldo ainda teve duas chances para ampliar o placar. Na primeira, foi travado por Ospina e, na segunda, chutou muito mal, sem direção e o 3 a 1 perdurou até o final.

 



Recomendadas para você