Jornal do Brasil

Esportes

Apelos tentam fazer Turim voltar a candidatura olímpica

Disputas políticas podem comprometer projeto para Jogos de 2026

Jornal do Brasil

Autoridades da Itália fizeram apelos nesta quarta-feira (19) para Turim retornar à candidatura com Milão e Cortina d'Ampezzo para sediar os Jogos Olímpicos de Inverno de 2026.

Disputas internas entre as capitais do Piemonte e da Lombardia fizeram o governo italiano retirar seu apoio financeiro à campanha e dizer que, se alguém quiser seguir em frente, terá de arcar com os custos sozinho.

"Essa não é uma disputa ou prova de força, aproveito para fazer um último apelo à prefeita [Chiara] Appendino", declarou Luca Zaia, governador do Vêneto, região onde fica Cortina d'Ampezzo.

Appendino, prefeita de Turim, no entanto, alega que a cidade não se candidatará sem apoio do governo nacional.

 

A Itália é comandada atualmente por uma aliança entre o antissistema Movimento 5 Estrelas (M5S), de Appendino, e a ultranacionalista Liga, partido de Zaia e do governador da Lombardia, Attilio Fontana.

"Ainda temos tempo, está tudo objetivamente aberto", disse o presidente do Comitê Olímpico Nacional Italiano (Coni). Por enquanto, a hipótese mais provável é que Milão e Cortina sigam com uma candidatura conjunta, mas sem garantias do governo da Itália.

 

O prefeito de Milão, Giuseppe Sala, do Partido Democrático (PD), de oposição, disse que a "marca olímpica" terá o nome de sua cidade na frente. "Minha batalha não é de arrogância, mas ter na frente o nome e a imagem de Milão é algo bom para todos", declarou, ressaltando a "reputação mundial" da capital da Lombardia.

 

Por sua vez, Appendino não deu sinais de que pretende reconsiderar sua decisão. "Turim não voltou atrás, apenas pediu para ter clareza sobre certos elementos. O erro, na verdade, foi tentar construir uma candidatura tríplice. São candidaturas complexas, nunca feitas, se poderia ter escolhido Turim ou outra cidade", disse.

 

As candidaturas devem ser formalizadas na próxima sessão do Comitê Olímpico Internacional (COI), em outubro. Até o momento, as cidades que devem brigar pelos Jogos de 2026 são Calgary (Canadá), Estocolmo (Suécia) e Erzurum (Turquia).



Tags: Itália

Recomendadas para você