Jornal do Brasil

Esportes

Real Madrid e o desafio da quarta Liga dos Campeões consecutiva

Jornal do Brasil

Campeão das últimas três edições da Liga dos Campeões, o Real Madrid inicia a luta pelo tetracampeonato recebendo a Roma, nesta quarta-feira, pela primeira rodada do grupo G da competição continental.

"Trataremos de iniciar com o pé direito contra um grande rival", disse nesta terça-feira o técnico do Real Madrid, Julen Lopetegui.

Uma vitória no Santiago Bernabéu permitirá o time merengue recuperar certo otimismo, depois do tropeço contra o Athletic de Bilbao (1-1) no sábado pelo Campeonato Espanhol. O resultado permitiu o Barcelona assumir a liderança isolada do torneio.

Para conquistar a primeira vitória na competição continental, o Real Madrid vai para o duelo com outro estilo após a saída do técnico Zinedine Zidane e do astro português Cristiano Ronaldo, autor de 43 gols nas últimas três edições do certame.

Sem o maior artilheiro da história da Liga dos Campeões, líder em gols nas últimas cinco edições, Lopetegui tentará alcançar o quarto título consecutivo com um estilo mais associativo e coletivo. Isco, Karim Benzema, Gareth Bale ou Asensio devem dar um passo adiante para assumir a liderança da equipe.

"Suponho que será trabalhar mais em equipe, trabalhar mais como unidade do que com um jogador", indicou Bale em entrevista publicada pelo jornal Daily Mail na segunda-feira.

Bale e seus companheiros de ataque estarão disponíveis para a partida de quarta-feira no Santiago Bernabéu. A principal dúvida para o duelo é qual goleiro ficará responsável em garantir que a equipe não sofra gols.

Lopetegui terá que decidir se segue com o belga Thibaut Courtois, eleito o melhor arqueiro da Copa do Mundo da Rússia, ou voltar a escalar o costarriquenho Keylor Navas.

"Não vou dizer nada a respeito. Tenho a sensação de que temos umas soluções magníficas no gol. Independentemente da decisão que tomarmos, certamente vamos acertar", garantiu o treinador nesta quarta-feira.

No ataque, Bale e Benzema devem formar o ataque acompanhados do jovem Marco Asensio, com apoio do meia atacante Francisco Alarcón 'Isco'.

O Real Madrid recebe uma Roma em má fase. O time da capital italiana vem de empate em 2 a 2 com o Chievo, mesmo depois de abrir dois gols de vantagem. A equipe não vence há três jogos e já vê a líder Juventus a sete pontos de distância.

"Em Madri isso não pode acontecer. Tem que fazer uma grande fase defensiva para jogar bem no ataque", advertiu o técnico Eusebio Di Francesco, que no ano passado surpreendeu o Barcelona. A Roma eliminou o time catalão nas quartas de final, revertendo derrota por 4 a 1 no jogo de ida para virar a eliminatória com 3 a 0 em casa.

Alvo de críticas durante a janela de transferências, com as saídas do belga Radja Nainggolan e do goleiro brasileiro Alisson Becker, a Roma buscará em Madri um resultado positivo para relançar a equipe.

 

-- Prováveis escalações:

Real Madrid: Keylor Navas ou Courtois - Carvajal, Nacho, Ramos, Marcelo - Isco, Casemiro, Kroos - Bale, Benzema, Asensio.

Treinador: Julen Lopetegui.

AS Roma: Olsen - Manolas, Fazio, Marcano - Florenzi, De Rossi, Kolarov - Cristante, Pellegrini - Under, Dzeko.

Treinador: Eusebio Di Francesco.

Árbitro: Bjorn Kuipers (HOL)

 

gr/psr/fa

 

 

 

 

 



Recomendadas para você