Jornal do Brasil

Esportes

Fla perde fora para o Inter (2 a 1) e pode terminar a rodada em quinto

Jornal do Brasil

Antes da Copa do Mundo, o Flamengo liderava o Campeonato Brasileiro com autoridade e despontava como principal candidato ao título. Passado o Mundial, o cenário é outro, de um time em queda livre. Ontem, o rubro-negro perdeu a segunda seguida na competição ao tomar 2 a 1 do novo líder Internacional, no Beira-Rio. O Fla foi ultrapassado pelo Palmeiras e caiu para o quarto lugar, podendo ainda perder a posição para o Grêmio, que visita hoje o Santos.

Inter e Flamengo pareciam estar jogando esportes diferentes no começo da partida. Perdido em campo e encurralado pela pressão colorada, o time rubro-negro chegava a se atrapalhar com a bola. O gol era questão de tempo, e não demorou a sair: aos seis minutos, Edenílson lançou na área para Pottker, que “tabelou” com as costas de Léo Duarte antes de bater para abrir o placar.

Macaque in the trees
Pottker comemora e Rhodolfo lamenta o primeiro gol do Inter, logo aos seis minutos de jogo (Foto: Ricardo Rímoli/AE)

A desvantagem serviu para acordar o Fla, que criou – e desperdiçou – chances claras de empatar o jogo. Aos 22, Pará encontrou Marlos livre na área, mas o colombiano, que não marca desde junho de 2016, cabeceou em cima de Lomba. Logo depois, o goleiro brilhou em outra cabeçada de Marlos.

Na volta do intervalo, foi o Inter que desperdiçou oportunidades, em lances de Nico López e de Patrick. E valeu a máxima do “quem não faz, leva”. Em sua 11ª partida pelo Flamengo, Vitinho desencantou com um golaço contra seu ex-clube, aos 12. Após ótima jogada de Willian Arão, o atacante recebeu e acertou uma bomba no ângulo. Reflexo da fase rubro-negra, sequer deu tempo para comemorar.

Dois minutos depois, Rodrigo Dourado, o melhor em campo, subiu sozinho em escanteio de Nico López e cabeceou firme para recolocar o Inter no topo da tabela. Ciente de sua posição, o time gaúcho fez de tudo para segurar o resultado. O Fla teve a bola do empate aos 45, quando uma triangulação de Arão, Uribe e Matheus Sávio parou em defesaça de Lomba no chute do meia. Foi a última chance.

Internacional: Marcelo Lomba, Zeca (Fabiano), Rodrigo Moledo, Cuesta e Iago; Rodrigo Dourado, Edenílson, Nico López (Leandro Damião), Patrick e Pottker; Jonatan Álvez (D’Alessandro). Flamengo: Diego Alves, Pará, Léo Duarte, Rhodolfo e Renê; Piris (Willian Arão), Rômulo, Éverton Ribeiro, Vitinho e Marlos Moreno (Matheus Sávio); Lincoln (Uribe). Juiz: Ricardo Marques Ribeiro (MG). Cartões amarelos: Cuesta, Jonatan Álvez, Marcelo Lomba, Iago e Piris.



Tags: futebol

Recomendadas para você