Um estímulo a mais

Clube pode fazer história se vencer torneio pela segunda vez em seu novo formato n um ano marcado pelo fracasso do brasil na copa do mundo da áfrica do sul, o internacional-rs tem a missão de honrar o futebol pentacampeão na última competição oficial da temporada. às 14h de brasília, no estádio mohammed bin zayed, em abu dhabi, a bola rola contra o mazembe, da república democrática do congo, pelas semifinais da copa do mundo de clubes. o colorado pode fazer história.

Além de lutar pelo bicampeonato, o time gaúcho será o primeiro a conquistar, pela segunda vez, o torneio organizado pela fifa em seu novo formado.

Ontem, em reunião com os representantes dos dois clubes, o inter ganhou no direito de atuar com o seu tradicional uniforme vermelho. em 2006, quando venceu a competição, a equipe à época comandada por abel braga jogou de branco. na oportunidade, os colorados enfrentaram o al-ahly na estreia. venceu com dificuldade (2 a 1). o temor aumentou com a goleada de 4 a 0 imposta pelo barcelona de ronaldinho gaúcho sobre o américa do méxico.

No modelo atual – alterado no ano anterior –, os campeões sul-americano e europeu entram na fase semifinal da competição. representantes dos demais continentes duelam em fases preliminares.