Jogador leva os pais e a namorada para morarem com ele em Milão. Meta é fixar raízes na Europa

Hilton Mattos

Aos 12 anos, o garoto Philippe Coutinho não desgrudava os olhos daTVquando oBarcelonaestava em campo. Omotivo? Ronaldinho Gaúcho. À época o melhor jogador do mundo, o craque brasileiro ins- pirou o promissor meia do Vasco a usara suahabilidade naposição. Quarta-feira, em Doha, no Qatar, o BrasildeMano Menezesfaráum amistoso contra a Argentina. Será aprimeira oportunidadedeCou- tinho jogar ao lado de seu ídolo. – Dá aquele frio na barriga – brinca o jogador do Inter de Milão. – Estou ansioso para conhecê-lomelhor, es- tarmais perto.Esperoque agente faça uma grande amizade. Osdoisestiveram emcampoeste ano, disputandoamistoso entreIn- ter e Milan poucodepois da Copa. Antes,Coutinhochegou asercon- vidado por Ronaldinho para uma de suas peladas, em Salvador. Em am- bas as ocasiões, os contatos foram formais. Na Seleção – jogo que marca a volta do meia gaúcho após um ano emeio –,o ex-vascaínofinalmente poderá dividir a mesma concentra- ção com o consagrado apoiador. – Ele me inspirou a jogar ali no meio de campo. O que ele fez na época do Barça, ninguém fez igual. Até hoje entrona internetpararever asjo- gadas dele – declara Coutinho.

Carreira internacional

Seguir os passos de Ronaldinho Gaú- cho não significa apenas abusar da ha- bilidade no meio de campo. O fato de o meia do Inter deMilão ter levado a famíliaparaaItália nãofoiàtoa.Di- ferentementedeatletas quesaeme voltam para o Brasil a cada temporada, sua meta é fixar raízes na Europa. Para tanto, mudou-se para Itália com os pais Zé Carlos e Esmeraldina e a namorada Ainé. Apesar de jovem – tem apenas 18 anos –, demonstra maturidade ao falar de seus planos. – Quero ficar aqui por muitos anos.Vejoo exemplodoRonaldo, do Ronaldinho...Oscaras passa- ram dez anos na Europa. Aqui estão os melhores clubes, os melhores campeonatos. A carreira no exterior está apenas começando. PhilippeCoutinho transferiu-seemjunho paraoInter deMilão. Jáerajogador doclube, mas precisava completar 18 anos pa- ra se transferir – determinação da Fi- fa. Seu contrato termina em 2015.

Continua na página seguinte.