‘Há uma decepção com a classe política em geral’, diz Temer sobre abstenções

Com relação ao resultado do PMDB, presidente destacou que não participou de campanhas

Após primeiro turno das eleições municipais que ocorreu neste domingo (2), o presidente Michel Temer afirmou, nesta segunda-feira (3), que o alto índice de abstenção de eleitores é um recado da população à classe política. 

"Há uma decepção, sem dúvida alguma, com a classe política em geral", disse Temer em entrevista coletiva após reunião com o presidente da Argentina, Mauricio Macri, na residência oficial Quinta de Olivos, em Buenos Aires.

"A abstenção foi realmente muito significativa, portanto, é uma mensagem, um recado que se dá à classe política brasileira para que reformule eventuais costumes inadequados", acrescentou.

Segundo o Tribunal Superior Eleitoral (TSE), mais de 25 milhões de eleitores (17,58%), acima dos 16,41% registrados na votação municipal de 2012, não compareceram às urnas para votar no primeiro turno das eleições municipais em todo o país. Nove cidades do país tiveram índice de abstenção acima de 30%. No município de São Paulo, o número foi de quase 22%.

"Não se pode relativizar [a decepção da população] com o partido A ou B. É uma mensagem que se dá à classe política brasileira para que ela reformule costumes inadequados. Vejam o candidato em São Paulo que se elegeu no primeiro turno e falava que era gestor, não político", disse Temer, se referindo ao novo prefeito eleito da capital paulista, João Doria (PSDB).

Sobre o resultado do PMDB nas eleições, Temer disse que o partido tem muita capilaridade e destacou que ele não participou de campanhas. "Não participei de nenhuma campanha porque a base parlamentar era muito ampla. Não saí da sala da Presidência da República, nem fui ao meu estado", lembrou.

O presidente afirmou, no entanto, que a realização das eleições municipais sem registro de problemas neste domingo (2) representa um exercício democrático "muito positivo”. 

"Foi um recado dado pelas urnas em dois vetores, um primeiro do tipo cuidem-se aqueles que estão na classe política... Mas, por outro lado, temos que festejar a democracia que se produziu ao longo do tempo, que foi estabelecida e exercitada nas eleições de ontem", finalizou.