Candidato ao senado por Alagoas, Coronel Brito agride mulher durante votação

TRE determinou a prisão do candidato

O candidato ao cargo de senador pelo Partido Ecológico Nacional (PEN), Coronel Brito, deu um tapa em uma mulher numa zona eleitoral de Maceió, neste domingo (5). Um vídeo da agressão foi feito e se espalhou pelas redes sociais. Enquanto a mulher aponta para ele e reclama, ele conversa com um militar uniformizado. Em certo momento, ele deixa a conversa, encara a mulher e dá um tapa no rosto dela. 

O episódio aconteceu na Escola de Ensino Fundamental Padre Pinho, no bairro da Cruz das Almas, em Maceió. A mulher foi identificada como Marta Celeste de Oliveira, 39, que aguardava na fila para votar.

Segundo o marido da mulher agredida, o candidato queria furar fila, o que causou revolta de algumas pessoas, que começaram a reclamar.Ele disse que a mulher também recebeu uma cotovelada.

 Logo depois, a promotora de Justiça Maria José Alves, esteve na Escola e soube do ocorrido. Ela orientou a vítima e testemunhas a prestar queixa. O Tribunal Regional Eleitoral determinou a prisão de Coronel Brito.O PEN Nacional disse que não sabia do caso e a reportagem não conseguiu contato com o PEN-Alagoas ou com o Coronel.