Boca de urna recepciona eleitores em escola na Cidade de Deus, no Rio

Fiscalização tentou reprimir 'santinhos', mas prática foi retomada durante a tarde

Eleitores que votaram neste domingo (5) em uma escola com o maior número de seções da Cidade de Deus, no Rio de Janeiro, eram recebidos logo na entrada com a distribuição de 'santinhos' de diferentes candidatos. Policiais militares e convocados pelo TRE-RJ para atuar no local, contudo, ressaltaram para a reportagem que não houve, até as 16h, nenhum registro de confusão ou problemas maiores, e que as pessoas conseguiram registrar seus votos com tranquilidade e rapidez. 

Conforme comentou um dos que distribuíam panfletos em frente ao local, que tem 6.331 eleitores, a fiscalização teria chegado a interromper a distribuição de material de campanha logo no início deste 1° turno, com recolhimento de mochilas com santinhos, por exemplo. Em seguida, no entanto, voltou-se à prática de boca de urna, que é considerada crime pela legislação eleitoral.

Além de tentar convencer os eleitores a seguir a cola dos santinhos, alguns ainda ofereciam ou prometiam contrapartidas.