Herdeiros políticos lideram intenções de votos para deputado federal no Rio

Pesquisa aponta para Clarissa Garotinho e Leonardo Picciani entre mais cotados

De acordo com uma pesquisa do Ibope, sobre as intenções de voto para deputado federal, divulgada neste mês pelo jornal Folha de São Paulo, quem liderando no Rio de Janeiro é Clarissa Garotinho (PR), filha do também candidato Anthony Garotinho (PR), que concorre ao cargo de governador. O segundo candidato mais mencionado pelos eleitores foi o de Jair Bolsonaro (PP). Os dois candidatos possuem uma forte base eleitoral relacionada aos evangélicos e a setores conservadores da sociedade.

Os demais candidatos que figuram na lista dos mais lembrados pelos eleitores do Rio de Janeiro são todos do Partido do Movimento Democrático Brasileiro (PMDB): Eduardo Cunha, Washington Reis e Leonardo Picciani – filho de Jorge Picciani, presidente estadual da sigla.

A candidata Clarissa Garotinho já atuou como vereadora no Rio de Janeiro, como deputada estadual e foi candidata ao cargo de vice na chapa de Rodrigo Maia (DEM), que concorreu à prefeitura do Rio. A chapa formada por Clarissa e pelo filho de Cesar Maia (DEM) foi derrotada pelo atual prefeito Eduardo Paes. Clarissa é filha também de Rosinha Garotinho que, assim como Anthony, já governou o estado do Rio de Janeiro.

O militar da reserva Jair Bolsonaro já ocupou o cargo de vereador pelo Rio de Janeiro e atuou em seguida como deputado federal por cinco mandatos. O político de direita já se envolveu em diversas polêmicas devido a declarações consideradas homofóbicas, racistas e sexistas. O candidato também acredita que o período ditatorial no Brasil foi um período de “ordem e de progresso”, já defendeu o uso de tortura e possui posicionamento favorável à pena de morte.

Assim como Clarissa, Bolsonaro também possui parentes diretos na política: seu filho Carlos Bolsonaro atua como vereador no Rio de Janeiro, e seu outro filho, Flávio Bolsonaro, é deputado estadual fluminense.

O candidato Eduardo Cunha já atuou como deputado estadual e federal pelo Rio de Janeiro. Cunha ficou conhecido durante os escândalos que envolviam denúncias de irregularidades relacionadas a contratos sem licitação, além de favorecimento a empresas fantasmas.  O candidato Leonardo Picciani, filho do presidente estadual do PMDB, já atuou como deputado federal pelo Rio de Janeiro.

Também entre os mais citados, Washington Reis já foi deputado federal e deputado estadual do Rio, além de ter sido vereador e prefeito de Duque de Caxias. No ano passado, Washington Reis foi autor de uma ação, que teve inclusive o também candidato Jair Bolsonaro como relator do projeto, que  permite que templos religiosos se recusem a realizar casamentos ou batizados de filhos de casais homossexuais.