PT fará ato "Nem Que a Vaca Tussa" em portas de fábricas 

Em mais uma ação para desidratar a campanha de Marina Silva (PSB), o PT vai iniciar, na próxima sexta-feira (26), um ato junto a trabalhadores intitulado "Nem Que a Vaca Tussa". O objetivo é explorar a fala da adversária, que defendeu a atualização de leis trabalhistas, e a crítica da candidata Dilma Rousseff.

Marina disse, em um encontro com empreendedores no último dia 16, que deveria ser discutida uma atualização das leis trabalhistas para a realidade atual por entender que pequenos empreendedores têm dificuldades de fazer contratações formais. Dilma aproveitou para afirmar que não muda os direitos trabalhistas “nem que a vaca tussa”.

“Em todo o País vamos fazer porta de fábrica, porta de agências bancárias, visitas aos locais de trabalho considerando cláusulas sagradas esses direitos que alguns pretendem flexibilizar, nós queremos manter”, disse o presidente do PT, Rui Falcão.

O petista também afirmou que o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva e alguns ministros fora de horário de trabalho continuarão a reforçar a campanha em São Paulo, onde Marina lidera com 32%, contra 25% de Dilma.

Lula e Dilma devem realizar um comício na zona sul da capital paulista no dia 29 para marcar o encerramento da campanha de 1º turno.