Presidente do TSE não irá votar na eleição do dia 7

A presidente do Tribunal Superior Eleitoral (TSE), ministra Cármen Lúcia Antunes Rocha, não irá votar na eleição para prefeito e vereadores marcada para o dia 7 de outubro. Residindo em Brasília desde que assumiu o cargo de ministra do Supremo Tribunal Federal (STF), Cármen Lúcia trocou o seu título eleitoral de Belo Horizonte, onde morava anteriormente, para a capital da República. 

E, como o Distrito Federal não tem prefeito e vereador, apenas governador, senador, deputado federal e deputado distrital, não haverá eleição este ano na cidade. 

Com isso, Cármen Lúcia acompanhará todo o processo eleitoral do dia 7 de outubro em seu gabinete no edifício-sede do TSE.