Presidente do PT afirma que PSB pode apoiar tucanos em 2014

Em entrevista ao jornal Estado de São Paulo, o presidente nacional do PT, Rui Falcão, tratou de algumas das polêmicas que envolvem as disputas eleitorais nas cidades brasileiras e os possíveis reflexos para a próxima eleição presidencial. 

De acordo com o dirigente, o PSB, que rompeu com o PT em importantes capitais, pode por fim à tradicional parceira com os petistas no nível federal e apoiar o PSDB em 2014.

Rui Falcão reforçou que a prioridade do partido é manter a aliança estratégica com o PMDB, o "principal aliado" dos petistas, segundo o presidente. Sobre os socialistas, o dirigente declarou que pretende continuar tendo o PSB como aliado do governo Dilma, apesar do rompimento ocorrido em capitais como Belo Horizonte, Fortaleza e Recife, onde os dois partidos se enfrentam para conquistar as prefeituras locais.