Justiça condena DEM de Sergipe a devolver R$ 1,2 milhão 

O Tribunal Superior Eleitoral (TSE) condenou o Partido Democratas (DEM) de Sergipe a devolver R$ 1.277.963,64 ao Fundo Partidário devido a irregularidades nas contas do partido. A decisão, à qual não cabe recurso, confirma a sentença do Tribunal Regional Eleitoral de Sergipe (TRE-SE), que já havia rejeitado as contas do DEM.

Segundo o partido, parte do dinheiro - R$ 1.259.415,15 - vem de doações de simpatizantes, mas não tiveram a origem comprovada. Esse valor deve ser devolvido integralmente. Os outros R$ 18.548,49 são recursos do Fundo Partidário repassados ao DEM cujo uso não foi comprovado, e serão atualizados monetariamente e descontados em 12 parcelas mensais dos repasses do Fundo Partidário ao partido.

A assessoria de imprensa do DEM em Sergipe disse que ainda não havia sido notificada sobre a decisão do TSE nesta terça-feira.