SP: empatados em pesquisas, Haddad arrecadou 60 vezes mais que Soninha 

Empatado tecnicamente na terceira colocação nas últimas pesquisas Datafolha Ibope divulgadas, Fernando Haddad (PT) e Soninha Francine (PPS) possuem larga diferença na arrecadação de recursos de campanhas, de acordo com a primeira parcial da prestação de contas dos candidatosdivulgada pelo Tribunal Superior Eleitoral (TSE) na noite desta segunda-feira. Enquanto Haddad afirma ter recebido R$ 1,46 milhão, a candidata do PPS declarou ao tribunal ter arrecadado R$ 23 mil reais, quase 60 vezes menos.

José Serra (PSDB) é o candidato que mais arrecadou receitas. O tucano lidera a lista, com R$ 1,54 milhão de reais levantados junto a outros candidatos e comitês.

Logo atrás vem Fernando Haddad, com doações vindas de diversas fontes, como doações de internet (R$ 214,53), doações de empresas (R$ 950 mil) - principal fonte de dinheiro do candidato - ,recursos de outros candidatos e comitês (R$ 44 mil), e recursos vindos do próprio PT, que doou a seu candidato R$ 475 mil. No total, Haddad conseguiu R$ 1,46 milhão de receitas nos primeiros meses de campanha.

Gabriel Chalita é o terceiro colocado na lista dos postulantes ao executivo da capital paulista com mais receita. Segundo o TSE, o peemedebista recebeu de seu partido R$ 400 mil.

Segundo colocado nas pesquisas de intenção de votos, Celso Russomanno é o quarto que mais arrecadou dinheiro. Segundo sua declaração, o candidato recebeu de outros candidatos e comitês R$ 192 mil, R$ 46 mil em doações de pessoas físicas e R$ 727 de seu partido, o PRB, num total de R$ 239 mil.

Soninha Francine está atrás de Russomanno, com uma arrecadação bem menor. Empatada tecnicamente com Haddad nas últimas pesquisas de intenção de votos Datafolha e Ibope divulgadas, a candidata do PPS afirma ter recebido R$ 23 mil, e todo o recurso veio de doações de pessoas físicas.

Gastos

Fernando Haddad lidera a lista dos candidatos que mais gastaram nesta campanha. Segundo sua declaração, somados todos os tipos de despesa, o petista gastou cerca de R$ 10,7 milhões, dos quais pagou apenas R$ 381 mil, já que grande parte das despesas é contratada, e ainda não foi quitada.

Serra é o segundo que mais gastou. Segundo sua declaração, R$ 1,54 milhão já foi gasto pelo tucano. Celso Russomanno é o terceiro que mais gastou, com despesas na ordem de R$ 314 mil, seguido de Chalita, que declarou gastos de R$ 197 mil.

Novamente Soninha Francine é a última, com gastos declarados de R$ 1 mil.