Rio: colégio eleitoral do Estado cresce e mulheres são maioria 

Apresentando o terceiro maior colégio eleitoral do Brasil, o Rio de Janeiro teve crescimento de 5,6% em relação a 2008, no número de pessoas aptas a votar, chegando a 11.893.309 eleitores, segundo relatório divulgado peloTribunal Superior Eleitoral (TSE). A maioria desse contingente é formada por mulheres (6.345.906) e por cidadãos com ensino fundamental incompleto (3.574.696).

Outros grupos predominantes são os dos eleitores solteiros, que representam 65,33% do total, e de cidadãos situados na faixa etária entre 45 e 59 anos, com 3.039.779 de pessoas, correspondendo a 25,55%. Na sequência aparecem adultos de 25 a 34 anos, com 21,43% do total. Os jovens entre 16 e 17 anos representam 1,17%, enquanto que o eleitorado que vai de 70 a 79 anos apresenta 5,5% do universo de votantes do Estado.

Com relação ao grau de escolaridade, pessoas com ensino fundamental completo somam 10,38%. Os que possuem ensino médio incompleto são 21,23% e, completo correspondem a 16,65%. Apenas 5,7% dos cidadãos possuem 3º grau completo, ao passo que os analfabetos compõem 2,2% do eleitorado fluminense.