AM: TRE apreende computadores no sindicato dos metalúrgicos 

O Tribunal Regional Eleitoral do Amazonas (TRE-AM) realizou uma operação de busca e apreensão no Sindicato dos Metalúrgicos do Amazonas, devido a uma denúncia do candidato à prefeitura de Manaus, Arthur Vírgilio (PSDB). De acordo com a denúncia, o sindicato estaria produzindo materiais depreciativos contra o candidato tucano.

O TRE-AM teve apoio da ROCAM, Polícia Federal e do juiz eleitoral Abraham Campos, que ordenou a retirada dos seis computadores da associação para averiguação se realmente está produzindo nenhum material negativo contra Virgílio.

Segundo a assessoria do sindicato, o TRE-AM tem todo o direito de "fazer apreensões e confiscar os equipamentos". Contudo, reitera que as ações prejudicam o atendimento do sindicato, com 130 trabalhadoresfiliados.

De acordo com TRE-AM, só foram retirados os seis computadores devido a falta de identificação nas salas. O objetivo era retirar apenas o computador da assessoria do sindicato, provável origem do material depreciativo contra o tucano.

No momento, os computadores estão sob análise da Polícia Federal e devem ser liberados apenas na próxima sexta-feira, 10 de agosto.