PMDB desiste de candidatura e anuncia apoio ao PSB no Recife

O PMDB anunciou nesta segunda-feira, em nota oficial, que apoia o pré-candidato do PSB a prefeito do Recife, Geraldo Júlio. O partido liderado em Pernambuco pelo senador Jarbas Vasconcelos (PMDB-PE) alegou que a falta de entendimento entre os partidos que fazem oposição à prefeitura do Recife, liderada por João da Costa (PT), levou o partido a oferecer apoio ao PSB. "A única proposta mudancista é a do PSB", declarou Jarbas, em entrevista para a televisão.

O senador está hospedado em um hotel em São Paulo desde sexta-feira (22), quando recebeu alta hospitalar de uma cirurgia cardíaca. Da capital paulista, articulou com outros peemedebistas, entre eles o deputado federal Raul Henry, o apoio ao ex-secretário de Planejamento Geraldo Júlio. O presidente do diretório municipal do PMDB, Gustavo Negromonte, afirmou, mais cedo, que negociava com o PSB. À tarde, uma nota do partido oficializou a adesão.

Com o anúncio, Raul Henry retira sua pré-candidatura e o PMDB deixa de integrar o grupo de oposição municipal. Mantêm-se no campo o PSDB com a pré-candidatura do deputado federal Daniel Coelho, o DEM com o deputado federal Mendonça Filho e o PPS com Raul Jungmann - esse último já apresentou sua intenção de retirar seu nome em favor de uma composição entre os outros aliados.

Com a participação do PMDB, a pré-candidatura de Geraldo Júlio é reforçada. Ele é tido como político próximo ao governador Eduardo Campos (PSB), tem o apoio do senador Armando Monteiro (PTB) na primeira hora e agora do senador Jarbas Vasconcelos. Também integra a coligação outros dez partidos menores.