"Metrô atuou impecavelmente" em relação aos custos, diz Serra

São Paulo - Na Assembleia Legislativa de São Paulo, onde recebeu o apoio da bancada verde na manhã desta terça-feira (26), o candidato à presidência da República pelo PSDB, José Serra, comentou a reportagem da Folha de S.Paulo sobre o conhecimento prévio do resultado dos vencedores da licitação para a concorrência dos lotes 3 e 8 da linha 5 do Metrõ de São Paulo. "Eu lembro, já não era mais governador, que o Metrô inclusive anulou uma concorrência por que não gostou dos preços apresentados, exigiu diminuição dos preços. Isso aconteceu na outra licitação, portanto, do ponto de vista dos custos, o metrô atuou impecavelmente. Se houve ou não entendimento entre as construtoras, é uma questão para ser investigada", disse o candidato.

Segundo a Folha, seis meses antes da divulgação oficial do resultado das empresas vencedoras - anunciado na quinta-feira (21) - o jornal já havia registrado o nome dos ganhadores em vídeo e em cartório nos dias 20 e 23 de abril deste ano. Ainda segundo o jornal, o resultado foi conhecido apesar de o Metrô ter suspendido o processo em abril e solicitado a reformulação das propostas. O processo licitário, como informa a reportagem, ocorreu três dias depois do registro dos vencedores em cartório

De acordo com a Folha. o Metrô afirmou que investigará o caso. Os consórcios participantes também negaram irregularidades ou acertos.

A linha 5 do metrô irá do Largo 13 à Chácara Klabin, num total de 20 km de trilhos, e será conectada com as linhas 1 (Azul) e 2 (Verde), além do corredor São Paulo-Diadema da EMTU.

Erenice

Sobre a declaração que Erenice Guerra deu na segunda(25) à Polícia Federal, confirmando que houve quebra de sigilo por parte dos suspeitos de lobby na casa civil, José Serra afirmou: "a candidata Dilma atribuiu o que tinha acontecido na Casa Civil à invenção da imprensa, pelo menos agora ela não vai mais poder fazer isso".

Durante toda a reunião entre os deputados do PV e José Serra, a manifestante Cleia Carvalho aguardou a saída do candidato segurando uma faixa que trazia a seguinte questão: "Serra, o que podemos esperar em relação aos aposentados e pensionistas da Aeros/Varig, que foram lesados e hoje estão passando fome?"

Com o fim da reunião, a manifestante foi autorizada a entrar na sala e ter uma conversa particular com o candidato. Poucos minutos depois, ela saiu chorando e dizendo "que emoção". Serra brincou: "desse jeito vão achar que eu maltratei você."