Ao lado de Gabeira, Serra afirma que trabalhará com Cabral

Ao lado de Fernando Gabeira (PV) que o apoia nestas eleições, o candidato à presidência da República pelo PSDB, José Serra, afirmou em coletiva no Rio de Janeiro, que se sente orgulhoso com o apoio do candidato derrotado ao governo do Estado e que, se eleito, trabalhará com o governador eleito, Sérgio Cabral (PMDB). "Eu estou no Rio e quero dizer que, se eu ganhar a eleição, vou trabalhar com o governador eleito (Sérgio Cabral) e com as prefeituras de todos os partidos de forma cooperativa, em função dos interesses e necessidades do Rio de Janeiro. Não olho carteirinha partidária nem preferências políticas. Nós governaremos junto com Estados e municípios quaisquer que sejam suas preferências partidárias".

Questionado se Gabeira terá algum cargo em um eventual governo tucano, Serra disse que, primeiro, necessita vencer as eleições. "Primeiro eu preciso vencer. Falar de governo só depois de ganhar a eleição", afirmou o tucano.

Sobre sua proximidade com o Partido Verde, Serra citou exemplos bem sucedidos no governo do Estado de São Paulo. "Temos ligação de trabalho em função do meio ambiente. Esta aliança é pela sustentabilidade do desenvolvimento", disse.

O tucano também afirmou que se sente orgulhoso com o apoio de Gabeira. Serra acrescentou que, caso seja eleito, governará para todo o Estado do Rio de Janeiro. "Eu estou no Rio e quero dizer que, se eu ganhar a eleição, vou trabalhar com o governador eleito (Sérgio Cabral) e com as prefeituras de todos os partidos de forma cooperativa, em função dos interesses e necessidades do Rio de Janeiro. Não olho carteirinha partidária nem preferências políticas. Nós governaremos junto com Estados e municípios quaisquer que sejam suas preferências partidárias".

O candidato citou os investimentos necessários que a capital necessita para sediar a Copa do Mundo e as Olimpíadas. "Vamos investir aqui no Rio pra fazer as Olimpíadas de uma maneira que vai servir para o Estado do Rio de Janeiro, do ponto de vista econômico e social, como o saneamento da baía de Guanabara e da Baixada Fluminense, que deixam muito a desejar. Assim como a área de saúde. Inclusive, com eventos recentes demonstrando isso", afirmou Serra, acrescentando que pretende investir também em obras viárias, para facilitar o deslocamento da população.

Partido Verde

Sobre a punição de políticos do PV que se utilizaram da sigla para promover candidaturas de Dilma Rousseff (PT) ou Serra, Gabeira disse que a proposta de punição nesses casos foi feita por ele para todo o partido. "Foi a solução que eu propus. Liberamos as pessoas, desde que não usem a sigla do partido. É uma ideia que eu propus, e acho boa", disse, sorrindo.

Do prédio comercial no qual deu a coletiva, o candidato à presidência foi aos estúdios da Rede Globo, onde concederá uma entrevista para o Jornal Nacional.