PP de Santa Catarina libera filiados para apoiar Serra ou Dilma no 2º turno

 

O diretório estadual do PP de Santa Catarina anunciou na tarde desta quinta-feira (7) a liberação dos filiados para apoio às candidaturas de Dilma Rousseff (PT) ou José Serra (PSDB) no segundo turno das eleições presidenciais.

Em reunião ocorrida na sede do partido, em Florianópolis, deputados eleitos e lideranças progressistas definiram avaliaram a campanha de Angela Amin ao governo do estado e discutiram qual seria o caminho na segunda fase da campanha.

"Algumas lideranças se manifestaram a favor de Dilma e outras escolheram Serra", afirmou o presidente do diretório do PP catarinense, deputado estadual Joares Ponticelli. "Liberamos os nossos filiados para que eles consultem suas bases e decidam a posição que irão adotar no segundo turno".

Ponticelli destacou que a maioria dos deputados eleitos se manifesta a favor de José Serra. "A maioria dos nossos deputados eleitos e prefeitos optou pela campanha do PSDB", disse. "Eu só anunciarei minha decisão nesta sexta-feira (8)".

A aproximação do PP ao PSDB é uma tendência "natural" do partido, segundo os próprios progressistas. Os tucanos integraram o governo de Esperidião Amin no Estado (1999-2002) e vários deles chegaram a declarar voto em Angela Amin no primeiro turno desta eleição.

Segunda colocada na campanha ao governo do Estado, a deputada federal evitou comentar seu posicionamento no segundo turno. Ela seguirá a mesma tendência de neutralidade que adotou durante sua campanha.