Dilma vai ao Piauí reforçar sua campanha e a de Wilson Martins

Ao desembarcar no aeroporto de Teresina (PI), o candidato à reeleição, Wilson Martins (PSB), confirmou nesta quinta-feira (7) a vinda da candidata Dilma Rousseff (PT) para reforçar a campanha no Estado. De acordo com o governador, na próxima segunda (11) Dilma participará de carreata e irá ao Centro Integrado de Reabilitação(CEIR) gravar seu programa eleitoral.

"Dilma vem ao Piauí reforçar o nosso time. Estamos todos unidos em prol de sua candidatura e vamos mostrar a ela que o Piauí é agradecido pelo seu apoio", disse o governador, que foi recepcionado por um grupo de militantes no saguão do aeroporto.

No Estado, Dilma teve uma votação expressiva com mais de 1 milhão de votos, equivalente a 67% dos votos válidos. José Serra (PSDB) obteve 339 mil votos (20% dos votos válidos).

O presidente do PT no Piauí, Fábio Novo, informou também que o partido está tentando uma visita do presidente Lula na próxima semana ao Estado. "A presença da Dilma e do Lula é uma demonstração de que no Piauí o PSB está bem afinado com o PT", disse. A previsão é que Lula vem ao Estado dia 13.

Em Teresina, Dilma visitará o CEIR, que trabalha com portadores de deficiência e é uma referência no Nordeste. É um projeto implantado pelo ex-governador Wellington Dias (PT), senador eleito no Piauí.

Reforço

Além de Dilma e Lula, o governador ganhará o reforço dos governadores eleitos no Nordeste. Nesta sexta-feira (8), o governador da Bahia, Jacques Wagner (PT) participará de caminhada, às 15h30, no centro de Teresina em prol da candidatura de Dilma e Wilson Martins.

Nos dias 15 e 16, o governador de Pernambuco, Eduardo Campos (PSB) desembarcará no Estado. Cid Gomes, PSB, governador do Ceará, e Ciro Gomes também terão agenda em Teresina.