Candidatos populares conseguem vaga na política

Quem você nunca imaginou que chegaria a ocupar um cargo na vida pública? Entre a lista dos eleitos no último domingo (3), estão alguns candidatos que não poderiam ou, até então, seriam incomuns para exercer essa atividade. Além do deputado federal mais bem votado do País, o palhaço Tiririca, Anthony Garotinho, Miryan Rios, Bebeto, o ex-goleiro gremista Danrlei, Romário, Stepan Nercessian e Wagner Montes também fizeram parte da preferência do eleitorado. E agora? Como candidatos conhecidos como puxadores de voto vão se sair na vida pública?

A apuração dos votos ainda não tinha sido finalizada, mas a eleição para deputado federal em São Paulo já garantia uma vaga para Tiririca (PR), que foi o deputado mais votado em todo o País e conquistou 1,3 milhão (6,35%) dos eleitores em São Paulo. Além do comediante, o eleitorado paulista elegeu ainda o ator Spepan Nercessian para deputado federal pelo PPS com 84 mil votos.

Seguido do palhaço Tiririca, o ex-governador Anthony Garotinho foi o segundo deputado federal mais bem eleito do País e o primeiro mais votado no Rio de Janeiro com 694.862 dos votos (8,69%). No entanto, para confirmar o resultado das urnas, o candidato espera que o TSE (Tribunal Superior Eleitoral) não mantenha sua condenação à inelegibilidade - atualmente suspensa por uma liminar - que o permitiu concorrer.

Os cariocas elegeram ainda os apresentadores Wagner Montes (PDT) e Myrian Rios para deputados estaduais. Ele, o mais bem votado, com 528.628 (6,38%), e ela com 22.169 (0,27%) da preferência do eleitorado.

A lista de eleitos também deu espaço a alguns esportistas. O jogador de futebol Bebeto, famoso durante a conquista do Tetra, foi eleito deputado estadual do Rio com 28.328 (0,34%), e o baixinho Romário garantiu uma vaga como deputado federal no Estado com 146.859 (1,84%) dos votos.

No Rio Grande do Sul, o ex-goleiro Danrlei foi 6º deputado federal mais bem votado após alcançou 173.787, o que corresponde a 3,14% do eleitorado gaúcho.