Weslian Roriz comemora ida para o segundo turno das eleições do Distrito Federal

A candidata do PSC ao governo do Distrito Federal (DF), Weslian Roriz, acompanhou a apuração das eleições de hoje(3) em casa, juntamente com parentes e partidários, e tão logo o Tribunal Regional Eleitoral (TRE-DF) totalizou o resultado, ela e seus seguidores comemoraram o fato. Principalmente porque ela teve apenas nove dias como candidata, como salientou à imprensa.

Weslian Roriz se disse muito contente por haver obtido 31,5% da votação no DF, o que lhe dá o direito de disputar o segundo turno das eleições, no próximo dia 31, com o candidato Agnelo Queiroz, do PT, que teve 48,4% dos votos.

Ela disse que vai centrar todos os seus esforços, a partir de amanhã, na luta pelo Palácio do Buriti, sede do governo local, e lembrou que a disputa agora é igual em termos de tempo de propaganda eleitoral.

A disputa pelo governo local era liderada pelo seu marido, o ex-governador Joaquim Roriz, que teve sua candidatura impugnada pela Justiça Eleitoral e recorreu ao Supremo Tribunal Federal (STF). Mas, diante da indefinição do STF renunciou à candidatura em favor de sua mulher, que só teve o registro de candidatura confirmado ontem (2) pelo TRE-DF.

Três vezes governador do DF, Joaquim Roriz manteve a aura de chefe político local e falou mais com os jornalistas do que a própria candidata, sempre louvando a garra do eleitorado de Brasília “a quem conheço melhor do que ninguém”. Para confirmar seu feudo político, o ex-governador conseguiu eleger uma filha para a Câmara Federal e outra para a Câmara Distrital.

Edição: Rivadavia Severo