Tarso Genro diz que ele e Dilma se ajudaram mutuamente

 

O candidato ao governo do Rio Grande do Sul pelo PT, Tarso Genro, visitou nesta manhã de domingo as rádios Guaíba e Gaúcha, em Porto Alegre. Entre vários elogios, disse que ele e Dilma se ajudaram mutuamente na busca por votos.

Durante entrevista na rádio Gaúcha, Genro falou que ele buscou votos por Dilma e que sentiu que a candidata à presidência da República também o ajudou muito na campanha. Citou que Dilma se afiliou ao PT na mesma época em que ele disputou sua primeira campanha para o governo do Rio Grande do Sul.

Sobre esta disputa, no ano de 2002, quando perdeu para Germano Rigotto, atual candidato ao Senado pelo PMDB, Genro comentou na rádio Guaíba que está muito mais "leve" do que oito anos atrás, e que aguentaria, desta vez, mais seis meses de campanha. O candidato falou também que cada eleição é um aprendizado e que o que não muda entre cada eleição não fica para a história.

Comentando sobre as eleições deste ano, agradeceu na rádio Gaúcha aos militantes pela importância e empenho na campanha, citando o Twitter como grande meio de propaganda para a campanha. Elogiou os adversários, que, segundo o candidato, foram "respeitosos" durante todo o período eleitoral.

Genro finalizou falando que, independente ao resultado, com vitória no primeiro turno ou não, o sentimento é de vitória e que, agora, não adianta mais falar que tem as melhores propostas e sim deixar cada eleitor julgar o que é melhor para o Estado.