Ruas de Maceió amanhecem tomadas de material de candidatos

As ruas de João Pessoa amanheceram tomadas de material gráfico neste domingo. Em várias partes da cidade podiam ser vistos muitos santinhos e panfletos com propostas de governo de candidatos.

A "desova" do material de campanha que não foi distribuído foi realizada durante a noite. Integrantes das campanhas saíram pelas ruas da capital paraibana, principalmente em carros, jogando os papeis por diversos bairros da cidade e sujando as ruas.

O diretor de operações da Autarquia Especial de Limpeza Urbana (Emlur), Orlando Soares, informou que será impossível limpar toda a cidade em apenas um dia. Soares disse ainda que vai procurar o Justiça Eleitoral pedindo a punição dos candidatos que sujaram as ruas, uma vez que cometeram crime ambiental e ainda colocaram em risco a vida de pessoas. Segundo ele, os papeis, em caso de chuvas, poderiam entupir tubulações e provocar alagamentos.

O juiz da propaganda do TRE-AL, Marcos Jatobá, condenou a ação dos candidatos que sujaram as ruas de João Pessoa. Segundo ele, é evidente que a lei eleitoral foi violada. "A cidade está emporcalhada. Os candidatos desrespeitaram a lei eleitoral. Isso é inadmissível", destacou, acrescentando que o caso será analisado.