"O mineiro é sumamente político", diz eleitora de 84 anos

Mesmo sem ser obrigada pela legislação eleitoral brasileira, a jornalista Leonor do Lago, de 84 anos, se arrumou e foi votar neste domingo em Belo Horizonte. Nascida em Barretos, no interior paulista, mas "mineira por adoção", a aposentada explica em uma frase o porquê de tanto interesse em manter a prática do voto: "O mineiro é sumamente político. Ele vota com prazer".

Leonor, que vive há 61 anos na capital mineira, diz que nunca deixou de depositar seu voto na urna. Além da veia mineira herdada pelo tempo, ela tem também no DNA da família as razões que ajudam a explicar a paixão pela política. Leonor teve dois parentes deputados federais, "um deles cassado pela ditadura, com muito orgulho", brada a aposentada.

Na zona eleitoral do Colégio Estadual Central, onde votou dona Leonor, era grande o número de idosos eleitores. Muitos enfrentaram sérias barreiras, como longas escadas, para exercer seu direito de votar.