Jaques Wagner vai comandar a Bahia por mais quatro anos

O governador da Bahia, Jaques Wagner (PT), foi reeleito para o cargo. Com 85,03% das urnas apuradas, ele aparece com 63,56% dos votos válidos. O vice-governador será Otto Alencar (PP).

Em segundo lugar está o ex-governador Paulo Souto (DEM), com 16,25% dos votos, seguido por Geddel Vieira Lima (PMDB), com 15,27% dos votos.

Jaques Wagner nasceu no Rio de Janeiro, no dia 16 de março de 1951. Iniciou a militância política em 1969, presidindo o diretório acadêmico da faculdade de Engenharia da Pontifícia Universidade Católica (PUC-RJ). Em 1973, perseguido pelo regime militar, deixou o curso e saiu do Rio de Janeiro, chegando a Salvador no ano seguinte.

Em 1990, Jaques Wagner iniciou sua carreira parlamentar, conquistando um dos primeiros mandatos do PT baiano na Câmara dos Deputados. Foi reeleito ao cargo de deputado federal em 1994 e 1998. Na Câmara, foi líder da bancada do PT em 1995 e vice-líder entre 1993 e 1998. Dois anos depois, candidatou-se à Prefeitura de Camaçari.

Em 2002, se candidatou ao governo da Bahia, mas foi derrotado. Foi nomeado no primeiro governo do presidente Luiz Inácio Lula da Silva ministro do Trabalho e Emprego. Em 2005, assumiu a função de ministro de Relações Institucionais. Em 2006, foi eleito governador do estado.

O candidato Bassuma (PV) obteve 4,3% dos votos válidos, Marcos Mendes (P-SOL) ficou com 0,55% e Sandro Santa Bárbara (PCB) conseguiu 0,08% dos votos.

Edição: Sabrina Craide