Dilma tem mais que o dobro de votos de Serra em Buenos Aires; tucano vence em Caracas

 

A apuração dos votos dos brasileiros no exterior ainda não terminou, mas a maioria dos pontos de votação nos países que compõem o Mercosul já totalizou os votos. Em Buenos Aires, na Argentina, por exemplo, Dilma Rousseff (PT) recebeu 57,43% dos votos válidos, contra 26,42% de José Serra (PSDB) e 14,22% de Marina Silva.

Em Montevidéu, Dilma ficou com 46,48%, Serra com 32,84% e Marina com 17,27%. Já em Assunção, Serra liderou a votação com 47,21% dos votos válidos, seguido por Dilma (38,42%) e Marina (12,02%). Em Ciudad del Leste, cidade paraguaia com grande número de brasileiros, Dilma ficou com 47,45% dos votos válidos, seguida por José Serra (46,13%) e Marina Silva (5,47%).

Em cidades menores que também tiveram votação de brasileiros, a disputa se manteve equilibrada: Dilma em primeiro em Concepción (Paraguai), Córdoba e Mendonza (Argentina). Serra liderou a votação nas cidades paraguaias de Pedro Caballero e Saltos do Guaíra.

 

Edição: João Carlos Rodrigues