Anchieta e Campos vão decidir o governo no segundo turno, em Roraima

José de Anchieta (PSDB), que tenta a reeleição, e Neudo Campos (PP) irão disputar o governo de Roraima no segundo turno. Com 98,97% das urnas apuradas, Campos aparece com 47,68% e Anchieta com 44,93%.

A campanha eleitoral no Estado foi marcada por acusações de todos os lados. Com a lei do "Ficha Limpa", a coligação do tucano explorou no horário eleitoral gratuito e inserções avulsas, o histórico do adversário do PP de ser campeão de processos.

Campos renunciou ao mandato de deputado federal no final de agosto deste ano e, segundo seus adversários, numa manobra jurídica para retardar o julgamento de processos, já que desceriam do STF para instâncias inferiores. Mas a administração de Anchieta também foi atacada pelos concorrentes.

Campos criticou durante toda a campanha a contratação de agência de publicidade e propaganda pelo governo do Estado no valor de R$ 5 milhões, a aquisição de mais um jatinho no valor de R$ 7 milhões e os gastos de R$ 2 milhões com shows artísticos.