TRE do Paraná faz hoje votação paralela para testar segurança das urnas

No Paraná, a votação paralela – mecanismo que garante a segurança do sistema de votação eletrônica- será realizada em três urnas – uma de Curitiba e as outras duas de Cascavel e Pato Branco. O sorteio das urnas foi realizado na manhã de hoje (2), na sede do Tribunal Regional Eleitoral do Paraná , pela juíza presidente da Comissão de Votação Paralela, Elizabeth de Fátima Nogueira.

Apesar da chuva que atinge praticamente todo o estado, o TRE já providenciou o transporte das urnas do interior para Curitiba e enviou as substitutas para os locais sorteados a fim de possibilitar que os eleitores dessas seções possam votar normalmente.

Um avião cedido pela Casa Civil do governo paranaense está fazendo o transporte e a presidente disse que se o tempo chuvoso não permitir pouso e decolagem da aeronave, o processo será feito em voo comercial. Ela explicou que o “processo de auditoria é transparente na medida em que é público, todos podem acompanhar: fiscais de partido, delegados e candidatos, para aferir que o resultado contido na urna corresponde ao da votação do eleitor”.