Ônibus de São Paulo farão operação especial nas eleições

Os ônibus de transporte coletivo da capital paulista farão amanhã (3) uma operação especial para as eleições. Cerca de 5 mil ônibus a mais circularão pela cidade para levar e trazer eleitores dos seus locais de votação.

Segundo a São Paulo Transportes (SPTrans), companhia que regula o serviço de ônibus em São Paulo, aproximadamente 12,7 mil ônibus estarão disponíveis. Em um domingo comum, 7,5 mil prestam o serviço - 50% da frota que circula em dias de semana.

Os ônibus serão o único serviço de transporte público da cidade que terão esquema diferenciado de funcionamento para as eleições. O metrô e os trens metropolitanos vão operar com cerca de 50% de sua capacidade, assim como fazem todos os domingos.

De acordo com a Secretaria Estadual de Transportes, responsável pelos serviços, cerca de um terço dos 3,6 milhões de passageiros transportados pelo metrô em dias úteis utiliza os trens no domingo.

O Tribunal Regional Eleitoral (TRE-SP) informou ainda que, de acordo com a lei, não é permitido que candidatos ofereçam carona ou paguem o transporte de eleitores no dia da votação. Isto pode ser considerado crime eleitoral.