No Pará apenas 54 presos provisórios participarão do processo eleitoral deste ano

Dos 4,5 mil presos provisórios do estado do Pará, apenas 54 manifestaram interesse em participar do processo eleitoral. De acordo com o Tribunal Regional Eleitoral do estado (TRE-PA), nenhum menor infrator teve interesse em votar.

Com a ajuda da Secretaria de Segurança Pública e da Associação dos Notáveis e Registradores (Anoreg) do estado do Pará, foi feito um mutirão para que toda a documentação necessária para a votação – inclusive o título de eleitor – fosse emitida a tempo.

Devido ao pequeno interesse despertado entre os presos, apenas uma seção eleitoral será montada para receber os votos. Ela ficará em Marituba 2, a principal penitenciária do estado, para onde os presos mantidos em outras unidades serão transportados.

Apesar de alguns estados já terem possibilitado a participação de presos nas votações das eleições passadas, é a partir do pleito deste ano que todos os detentos provisórios interessados terão o direito assegurado, graças à Resolução 23.219 do Tribunal Superior Eleitoral (TSE).