Justiça Eleitoral recolhe 1,2 mil placas de candidatos em Santa Catarina

 

A Justiça Eleitoral de Santa Catarina retirou em uma semana cerca de 1,2 mil cavaletes e propagandas irregulares de candidatos das ruas e vias públicas de Florianópolis.

As apreensões ocorreram após uma portaria da juíza da 12ª Zona Eleitoral, Maria Terezinha Mendonça de Oliveira, determinar a retirada de placas instaladas em canteiros, passeios e acostamentos das principais avenidas e rodovias. Mesmo com a proibição, candidatos insistiram em manter as peças de propaganda pelas ruas nesta reta final de campanha.

Os próprios funcionários da Justiça Eleitoral vêm realizando blitz durante a madrugada para apreender as placas dos candidatos. O material recolhido está sendo levado para galpões do TRE e serão usados nos processos contra os candidatos que não cumpriram a determinação.

- Há uma série de irregularidades praticadas por esses candidatos que mantém as placas nas ruas. Eles estão se apropriando de um bem público para uso pessoal e estão desequilibrando a disputa em detrimento daqueles que cumprem a lei - afirma o chefe do cartório da 12ª Zona Eleitoral, Ayrton Teixeira. Ele acrescenta que é permitido manter propaganda em determinados locais, desde que um cabo eleitoral se responsabilize pelo material.

- O problema é que para alguns candidatos é mais barato perder a placa do que pagar pessoas para cuidarem de suas propagandas. Eles repõem o material no dia seguinte e continuam com a conduta abusiva.

Nas madrugadas, os funcionário do TRE estão fiscalizando áreas como a avenida Beira Mar Norte e a Lagoa da Conceição. Todos os dias, quase 200 placas estão sendo apreendidas por estarem em locais irregulares. - Agora, parece que começaram a cumprir as determinações da Justiça Eleitoral. São mais de mil placas no depósito do TRE. Elas não serão devolvidas e integrarão os processos movidos pela Justiça Eleitoral. - diz Ayrton.

Além de Florianópolis, outros municípios do Estado vem realizando operações para retirar as propagandas das ruas. Em Blumenau, neste sábado, a Polícia Militar apreendeu cem placas e cavaletes de candidatos que haviam sido "esquecidos" nas ruas durante a madrugada.