Rio terá 20 mil ônibus e trens extras para as eleições de domingo

      RIO - As empresas de ônibus que operam no estado vão colocar nas ruas 20 mil veículos neste domingo. A medida visa a atender a demanda maior de pessoas nas ruas e evitar a superlotação nos coletivos. Segundo a Federação das Empresas de Transportes de passageiros do estado do Rio de Janeiro (Fetranspor), normalmente são mantidos 10% da frota como reserva técnica nas garagens, mas em casos de grandes eventos, todos os veículos vão para as ruas.

A SuperVia, concessionária que administra os trens urbanos no Rio, informou que haverá composições extras para melhorar o atendimento da população. Estão previstos na parte da manhã trens especiais com destino à Central do Brasil, para os eleitores que vão se deslocar de Saracuruna e Belford Roxo, na Baixada Fluminense. Após o término da votação, trens extras partirão da Central do Brasil com destino às estações de Japeri, Saracuruna e Belford Roxo, na Baixada, e Santa Cruz, na zona oeste da cidade.

Os serviços das Barcas S/A, no entanto, não serão alterados. O número de barcas e catamarãs que fazem a travessia do Rio para Niterói, Ilha do Governador e Charitas será o mesmo dos fins de semana, com intervalos de meia hora. Essa é também a previsão da concessionária do metrô carioca, que informou não ter nenhuma modificação nas suas operações de fim de semana, mantendo a baldeação na Estação Estácio das linhas 1 e 2 normalmente.

O Tribunal Regional Eleitoral do Rio informou que os funcionários que não conseguirem votar por conta do trabalho nos transportes públicos durante as eleições poderão justificar seu voto sem serem penalizados.