Mais de 60% das urnas de Fortaleza já foram entregues às seções eleitorais

      FORTALEZA - Mais de 60% das urnas já foram entregues às seções eleitorais da capital cearense, que concentra 4.289 das 21.661 urnas do estado. A distribuição para os locais de votação está sendo feita por empresas contratadas e pelos próprios cartórios eleitorais.

Segundo o Tribunal Regional Eleitoral, esse procedimento feito por licitação resultou em economia de R$ 650 mil em relação às últimas eleições. O orçamento total deste pleito está fechado em R$ 12,1 milhões e o custo por cada eleitor é de R$ 2,07.

O Ceará tem 5,8 milhões de eleitores, sendo 1,5 milhão concentrados na capital. É em Fortaleza também que estão cadastrados os eleitores que vão utilizar o voto em trânsito para presidente da República. São 3.374 pessoas que estarão fora de seu domicílio eleitoral no domingo e votarão na cidade – a capital do Nordeste que mais vai receber eleitores de fora.

O Ceará terá ainda sete locais onde os presos provisórios poderão votar, todos eles no interior do estado. Ao todo, 425 presos vão participar das eleições.  É também no interior que está a cidade escolhida para utilizar a urna biométrica, ainda em teste. O município de Eusébio cadastrou quase 25 mil eleitores para testar a nova tecnologia, que identifica o cidadão pelas impressões digitais.