Ex-presidente do Paquistão lança novo partido para eleições de 2013

O ex-presidente do Paquistão Pervez Musharraf, exilado no Reino Unido depois de ter sido forçado a deixar o governo em 2008, lançou oficialmente nesta sexta-feira em Londres um novo partido para disputar as eleições legislativas de 2013.

"Chegou a hora de transformar o Paquistão em um Estado islâmico moderno e progressista", declarou o ex-general ao apresentar a Liga Muçulmana de Todo o Paquistão (APML, All Pakistan Muslim League), em uma entrevista coletiva à imprensa concedida em Londres.

Musharraf prometeu que a APML será um partido de "salvação nacional" e acusou o atual governo de ser incapaz de apresentar "qualquer sinal de luz na escuridão predominante no Paquistão".

O general, de 67 anos, derrubou o primeiro-ministro Nawaz Sharif em 1999 em um golpe de Estado. Foi proclamado presidente em 2001 e reeleito pelo Parlamento em 2007, mas no ano seguinte renunciou para evitar um processo de impeachment.

Musharraf prometeu na coletiva de imprensa que voltará ao Paquistão "antes das próximas eleições", ignorando as ameaças de processo pelas acusações de traição.