Votos de candidatos impugnados não serão divulgados pelo TSE

 

recursos não terão a totalização de seus votos divulgada na eleição do próximo domingo (3). Esse será o caso, por exemplo, dos candidatos que foram barrados pela Lei da Ficha Limpa.

Os votos estarão no banco de dados dos tribunais, mas não aparecerão na divulgação de resultados. A contagem do voto ocorrerá apenas se o registro for aprovado posteriormente, validando os votos. No entanto, a defesa dos candidatos impugnados poderá solicitar a informação e divulgá-la a seu critério.

Na prática, de acordo com o Tribunal Superior Eleitoral (TSE), poderão ocorrer situações em que um candidato tenha votos suficientes para ser eleito, mas sua vitória não seja anunciada. Uma eventual validação de votos pode, portanto, alterar dados que já tenham sido divulgados.

A indefinição afeta a disputa para cargos majoritários, já que alguns candidatos só saberão se estão eleitos após o julgamento de seus recursos. No caso de cargos proporcionais, candidatos "puxadores de voto" que estejam impugnados impedirão sua chapa de saber ao certo quantos candidatos conseguiu eleger.