No Rio, candidatos buscam votos de indecisos em último debate

O debate de presidenciáveis da Rede Globo, o último confronto antes do dia da votação, esta noite, no Rio de Janeiro, começará com a expectativa - do lado da oposição - de influir no eleitorado para que a eleição chegue ao segundo turno. Os quatro candidatos mais bem colocados nas pesquisas - Dilma Rousseff, José Serra, Marina Silva e Plínio de Arruda Sampaio - vão participar do debate que promete atingir o maior índice de audiência desta eleição.

A Globo tem três câmeras para acompanhar a chegada dos candidatos ao Projac. A primeira está disposta para captar, se for o caso, o pouso do helicóptero de Dilma Rousseff (PT). Num segundo momento, os candidatos são entrevistados por jornalistas de emissora. Uma terceira câmera os acompanha até os camarins. Não foi permitido o acesso dos demais veículos da mídia ao estúdio do debate.

Cada candidato pode ser acompanhado por dez assessores, mas só dois deles terão acesso aos presidenciáveis durante o programa - em geral, o marqueteiro e o coordenador político de cada campanha. Além disso, cada candidato pode levar 25 convidados para assistirem ao debate da plateia.