Lula questiona competência de candidatos da oposição e diz que Dilma vai 'cuidar' do povo

'Nós não precisamos ser governados e, sim, cuidados, assim como uma mãe cuida dos seus filhos'

 

      ARACAJU - Com discursos rápidos, o presidente Luiz Inácio Lula da Silva aproveitou o comício que realizou na noite desta quarta-feira, em Aracaju, para lembrar ao povo sergipano o motivo que levou à escolha da candidata à presidência pelo PT, Dilma Rousseff, que não esteve presente ao evento. "Acredito que está na hora de dar uma chance a uma mulher. Nós não precisamos ser governados e, sim, cuidados, assim como uma mãe cuida dos seus filhos".

Lula questionou a competência dos outros candidatos à presidência da República. "Conheço todos há mais de 30 anos: Serra (PSDB), Marina (PV), Plínio (PSOL), e posso garantir que nenhum deles acumulou a competência administrativa que a Dilma acumulou no meu governo. Essa mulher tem uma vasta experiência e é lutadora. Eu não seria doido de indicar alguém que eu não confiasse. Volto para casa e sei que deixarei vocês em boas mãos", afirmou.

Lula também teceu elogios ao presidente nacional do PT, José Eduardo Dutra, que é sergipano e esteve presente ao comício. "Quando eu indiquei Dutra à presidência da Petrobras em 2003, muita gente dizia: 'o que o Lula vai fazer! Não vai dar certo'. Quando esse homem chegou a Petrobras, a empresa tinha um valor de mercado de 13 bilhões de dólares. Oito anos depois esse valor é apenas de 200 trilhões de dólares".

O presidente criticou a concessão de 13º salário a beneficiários do programa Bolsa Família que o candidato do PSDB ao Palácio do Planalto, José Serra, está prometendo em campanha. "Quando criamos o Bolsa Família a oposição disse que era esmola e agora na maior cara de pau estão prometendo o 13º para o programa. Eles pensam que somos eleitores bobinhos de anos atrás", disse.

Lula destacou ainda o fim das filas do INSS nos Estados. "Quanto tempo tem que vocês não veem estampadas nos jornais de Sergipe notícias sobre as filas enormes do INSS. Criamos o 135 para que a pessoa possa marcar uma consulta com o perito em menos de cinco minutos. Antes, o trabalhador levava dois anos para conseguir uma aposentadoria, hoje ele se aposenta em 30 minutos", comemorou.

Déda
O comício, que reuniu milhares de militantes, foi organizado com o intuito de puxar votos para o candidato à reeleição ao governo de Sergipe e líder das pesquisas, Marcelo Déda (PT), e para fortalecer a candidatura de Dilma Rousseff no Estado. Déda exaltou a candidata Dilma e ressaltou que "Lula mudou o Brasil, mas essa transformação não foi apenas em quatro anos. Ele precisou oito anos para fazer a mudança completa no nosso país e é disso que eu preciso para continuar mudando Sergipe".