Hu Jintao oferece apoio e maior cooperação a Raúl Castro

O presidente da China, Hu Jintao, reafirmou ao presidente Raúl Castro sua disposição de reforçar e ampliar a cooperação com Cuba, num momento em que o governo da ilha realiza mudanças para reativar sua economia, segundo carta publicada nesta quarta-feira no jornal oficial Granma.

"Estamos dispostos a trabalhar junto com os companheiros cubanos para consolidar e aprofundar em maior medida a amizade tradicional e reforçar e ampliar sem cessar a cooperação amistosa e mutuamente beneficiosa", afirma o texto, também assinado pelo primeiro-ministro chinês Wen Jiabao.

A China comunista é um dos principais aliados políticos de Cuba e seu segundo sócio comercial e fonte de créditos, depois da Venezuela, apesar de seu intercâmbio ter se reduzido em 31,5% em 2009, registrando 1,546 bilhão de dólares.