RJ: eleitores de Marina fazem campanha 'involuntária' para Indio

Rio - Em uma tentativa de elogiar sua candidata, militantes do PV no Rio de Janeiro involuntariamente fizeram campanha para outro concorrente ao Palácio do Planalto. Durante a caminhada que fez pela orla de Copacabana na manhã deste domingo (26), a presidenciável Marina Silva ouviu as pessoas que a acompanhavam gritar durante todo o trajeto: "é Ficha Limpa, é Ficha Limpa".

Esta é a principal bandeira do deputado Indio da Costa (DEM-RJ), candidato a vice na chapa de José Serra (PSDB) e que foi o relator do Projeto Ficha Limpa no Congresso Federal. Essa não é a primeira vez que a campanhas se confundem. Há poucas semanas, em um vento na Bahia, Marina pediu que seus eleitores apertassem o 45 nas urnas, número de Serra. Logo depois ela se corrigiu e falou o número correto: 43.

Pouco antes da chegada de Marina à praia, militantes da juventude tucana no Rio também organizaram uma passeata em favor de seu candidato e, mesmo sem presença de Serra, reuniram mais pessoas do que aqueles que vieram apoiar a senadora do PV.

Na sequência, a candidata verde saiu em carro aberto por ruas da zona sul carioca, onde tem ampla aceitação do eleitorado. Os alto falantes, que pediam voto em Marina, tiveram forte concorrência de outros sistemas de som que tocavam jingles de candidatos locais.

Na noite deste domingo, Marina participa de debate na Rede Record, juntamente com seus principais adversários à presidência: José Serra, Dilma Rousseff PT) e Plínio de Arruda Sampaio (Psol).