Mulher de Roriz diz: "quem vai mandar sou eu"

Brasília - Ao acompanhar a apresentação de seu pedido de registro de candidatura ao governo do Distrito Federal, neste sábado (25), Weslian Roriz afirmou que "vai mandar" no governo, em caso de vitória, mas destacou que quem tem experiência no Executivo é seu marido.

Joaquim Roriz desistiu da candidatura nesta sexta-feira (24), depois que o Supremo Tribunal Federal não decidiu sobre o recurso no qual contestava o indeferimento de seu registro decidido pelo Tribunal Superior Eleitoral (TSE).

Depois que Weslian foi anunciada como candidata do PSC, o marido Joaquim não desgrudou da mulher. O primeiro comício foi ainda na noite de sexta (24), no Park Way, onde reside o casal. Na manhã deste sábado, o casal visitou a feira de Ceilândia, cidade satélite do DF. O site oficial de Joaquim Roriz traz uma foto com a inscrição: "Casal 20 - uma aliança por Brasília".

"Quem vai mandar no governo sou eu, mas experiência, quem tem é meu marido. Eu confio que vou dar conta (de governar)", disse Weslian, ao lado do marido, em frente ao setor de protocolo do Tribunal Regional Federal do DF, onde a solicitação de registro foi feita.

Neste domingo (26), Weslian tem marcada a gravação do programa para o horário eleitoral gratuito. Apesar de no programa eleitoral de ontem o primeiro nome da candidata já ter aparecido, no fundo que aparece atrás dos candidatos a deputado ainda predomina solitária a marca Roriz.

Debate
A TV Globo fará um debate com os candidatos ao governo do DF na noite de terça-feira (28), mas Weslian não confirmou sua participação. "Eu ainda não sei se vou. Vou analisar", disse.