Em protesto, estudantes católicos chamam Dilma de"anticristo"

Cerca de dez estudantes da Universidade Católica de Brasília, fizeram um protesto em frente ao local do debate presidencial, que será realizado nesta quinta-feira (23), pela Conferência Nacional dos Bispos do Brasil (CNBB). Os estudantes que chamavam a candidata petista à presidência, Dilma Rousseff, de "anticristo", foram retirados do local por seguranças.

O modelo do debate tem sido considerado engessado pelas campanhas, já que os candidatos não poderão fazer perguntas uns para os outros, apenas comentar respostas. Os temas são restritos pela igreja, envolvendo dogmas religiosos como, aborto, drogas e métodos contraceptivos.